top of page
  • Foto do escritorLucas Linux

Habilitando o Firewall UFW

Segurança é um assunto que deve ser levado a sério, principalmente nesta época em que crimes cibernéticos estão se tornando cada vez mais populares. Por isso, é altamente recomendável adotar medidas extras de segurança.


Uma das maneiras de proteger seus dados é configurando um firewall para supervisionar as conexões feitas com o servidor. Neste tutorial vamos ensinar como configurar um firewall nos sistemas baseados no Ubuntu 18.04 com o UFW.


Um firewall é um hardware ou software que controla o tráfego enviado e recebido de um servidor ou outra máquina. Em outras palavras, é um componente muito importante para a segurança de qualquer dispositivo que realiza conexões com a internet.


Mesmo o Linux tendo ótimas ferramentas de segurança pré-instaladas, quanto mais seguro, melhor.



O Ubuntu possui uma aplicação que facilita a instalação de firewall, o UFW (Uncomplicated Firewall). Esta ferramenta vem instalada por padrão na versão 18.04, mas é provável que esteja desabilitada. O UFW ainda possui uma interface gráfica chamada GUFW que pode ser instalada caso você tenha um ambiente desktop.


Mas por hora, neste artigo não iremos trabalhar com o gufw, visando o fato que seu servidor pode não estar instalado a interface gráfica


O UFW é uma solução de código aberto construída em Python e distribuída sob licença GNU (General Public License). Trata-se de uma versão “amigável” do poderoso iptables, isto é, mais acessível a iniciantes ou leigos em Segurança da Informação.


Com o que você irá se deparar ao adotar essa ferramenta? Primeiramente, terá à disposição várias opções de comandos cuja sintaxe é simples. As linhas de comando ainda são um grande obstáculo? Sem problemas: é possível instalar uma interface gráfica para o firewall.


Como mencionado antes, o UFW está instalado por padrão no Ubuntu 18.04, mas não está habilitado. Então meu sistema já está protegido. Não é bem assim! É necessário fazer certos ajustes para que isso aconteça.




 

VERIFICANDO O ESTADO DO FIREWALL

$ sudo ufw status

Estado: inativo



Está instalado, mas desativado


$ sudo ufw status


Estado: ativo


Está instalado e ativo


Se aparecer qualquer outra mensagem, é porque provavelmente não está instalado.

Reiterando, o UFW vem instalado por padrão no Ubuntu e no próprio Debian, porém, se por algum motivo o firewall não se encontra no sistema operacional, digite





 

INSTALANDO O FIREWALL - ufw

$ sudo apt install ufw -y




 

INSTALANDO O FIREWALL - INTERFACE GRÁFICA GUI

Como instalar a interface gráfica do UFW? Tudo o que você precisa fazer é instalar o repositório Universe e, em seguida, instalar o Gufw.


$ sudo add-apt-repository universe



$ sudo apt update -y



$ sudo apt install gufw -y


 

HABILITANDO O IPv6

Presumindo que o servidor esteja rodando os protocolos IPv4 e Ipv6, digamos que sincronizar a configuração do firewall não seja uma opção, mas uma necessidade. Fazer isso no UFW é muito fácil.


Primeiramente, abra o arquivo de configuração usando um editor, como no exemplo:

$ sudo nano /etc/default/ufw


Verifique a primeira opção (quinta linha) e deixe a opção marcada da seguinte maneira:


IPV6=yes

Pronto! Agora o firewall passará a suportar ambos os protocolos sem problema algum.





 

HABILITANDO / DESABILITANDO O FIREWALL


$ sudo ufw enable


Firewall está ativo e habilitado na inicialização do sistema



Pronto, firewall ativado



$ sudo ufw disable

Firewall parado e desativado na inicialização do sistema



Pronto, firewall desativado



 

VERIFICANDO O ESTADO DO FIREWALL DETALHADO


$ sudo ufw status numbered

Estado ativo



Irá mostrar todas as regras que possui, com a numeração do lado em forma de lista

É bem útil esse comando para quando quiser alterar ou excluir as regras



 

As regras que criamos ficam armazenadas no diretório /etc/ufw

Se dermos um comando para listar os arquivos de configuração do ufw veremos algo do tipo


$ ls /etc/ufw


after6.rules

after.init

after.rules

applications.d

before6.rules

before.init

before.rules

sysctl.conf

ufw.conf

user6.rules

user.rules


Os arquivos .rules, são arquivos que comportam as regras de Entrada e Saída do firewall

before.rules

after.rules


Para melhor compreensão, Entrada é o trafego que vem do exterior para seu computador.

Saída é o trafego originado dentro do seu computador com destino a rede externa.



 

CRIANDO REGRAS

Vamos permitir a entrada de serviços, por exemplo o SSH.


Tenho no computador um servidor SSH, e preciso permitir o acesso a ele pelo Firewall.

Ssh é um programa que permite o gerenciamento remoto do seu linux.


Para permitir o acesso a algum serviço, preciso de informações necessárias como:

  • Nome oficial

  • Protocolo

  • Número de porta que o serviço utiliza


Caso contrário, precisamos pesquisar na internet, ou podemos pesquisar no próprio Linux no arquivo /etc/service

$ less /etc/services


ssh 22/tcp # SSH Remote Login Protocol

ssh 22/ucp


Observamos que o SSH trabalha na porta 22 com os protocolos tcp e o udp

Também observamos que o nome oficial é ssh



VAMOS CRIAR UMA REGRA DE ENTRADA (IN) QUE LIBERA A PORTA 22


$ sudo ufw allow 22


Regra adicionada Regra adicionada (v6)


Permita a ENTRADA com destino a porta 22

Irá permitir o tráfego de entrada na porta 22, tanto para o tcp quando udp


Se eu quiser especificar o protocolo apenas para um protocolo

$ sudo ufw allow 22/tcp


Regra adicionada Regra adicionada (v6)


Irá permitir o tráfego de entrada na porta 22 e para o protocolo tcp




 

VERIFICAR AS REGRAS ADICIONADA

$ sudo ufw status


Estado: ativo Para Ação De -------- -- 22 ALLOW Anywhere 22(v6)




VERIFICAR A REGRA ADICIONADA COM numbered


$ sudo ufw status numbered


Estado: ativo Para Ação De ---- ---- -- [1] 22 ALLOW IN Anywhere [2] 22(v6) ALLOW IN Anywhere(v6)



O IN na frente da ação quer dizer que foi incluído uma regra de ENTRADA permitindo a entrada até a porta 22 protocolo tcp. O (v6) é a regra de IPv6


Se fosse de saída seria OUT



 

EXCLUIR REGRAS DO FIREWALL


$ sudo ufw delete 1 (ou pelo nome 22)


Apagando: allow 22 Proceder com operação (s|n)? s Regra apagada


 

VAMOS ENTÃO CRIAR UMA REGRA QUE BLOQUEIA O SSH


$ sudo ufw deny ssh


Regra adicionada Regra adicionada (v6)


Negada a ENTRADA com destino a porta 22



 

VERIFICAR A REGRA ADICIONADA COM numbered


$ sudo ufw status numbered


Estado: ativo Para Ação De ---- ---- -- [1] 22/tcp DENY IN Anywhere [2] 22/tcp(v6) DENY IN Anywhere(v6)


 

DICA

Por padrão, ao adicionar os comandos a cima, eles são incluídos nas regras de ENTRADA (IN).

Para incluir uma regra de SAÍDA, é necessário que inclua a palavra OUT


 

INCLUINDO REGRA DE SAÍDA

Como exemplo iremos bloquear o trafego que sai da minha máquina com destino a um servidor Web que usa a porta 80

$ sudo ufw deny out 80


Regra adicionada Regra adicionada (v6)



negada a SAÍDA com destino a porta 80


Para testar por exemplo, teste o site http://www.yahoo.com/


 

OUTROS EXEMPLOS

O modo padrão do UFW está ajustado para fazer diversas restrições. Por outro lado, o usuário tem plena autonomia para liberar determinadas portas e, assim, permitir que processos, serviços e aplicações rodem adequadamente. No exemplo adiante, habilitei as portas 80 (HTTP), 443 (HTTPS) e 22 (servidor SSH).


$ sudo ufw allow 80/tcp


ou


$ sudo ufw allow http



$ sudo ufw allow 443/tcp


ou


$ sudo ufw allow https



$ sudo ufw allow 22/tcp


ou


$ sudo ufw allow ssh




Observação: há situações em que precisamos habilitar uma quantidade maior de portas cujos números formam uma sequência. Por exemplo, liberar as portas 670, 671, 672 e 673. Para facilitar a tarefa, digite:


$ sudo ufw allow 670:673/tcp


PERMITIR ENDEREÇOS DE IP ESPECÍFICO


É muito comum que em determinadas situações o administrador tenha de liberar conexões a todas as portas de um IP em especial. Supondo que tal endereço seja 192.168.20.8, deve-se proceder assim:


$ sudo ufw allow from 192.168.20.8


Mas e se a intenção é de habilitar uma certa porta para o mesmo IP? Simplesmente, especifique-a:


$ sudo ufw allow from 192.168.20.8 to any port 4002

Muito fácil, não é mesmo? Como você provavelmente notou ao ler essas dicas, o UFW é, de fato, um firewall desenvolvido para facilitar a vida do usuário. A sintaxe tão simples quanto intuitiva e, de quebra, o usuário ainda consegue instalar uma interface gráfica.





Não esqueça de seguir o Canal do Youtube e o Facebook LUCAS LINUX o chmod

Comments


bottom of page