top of page
  • Foto do escritorLucas Linux

Configurando IP Estático (Fixo)

Caso sua rede não possua um Servidor DHCP instalado e você precise inserir manualmente um IP Estático, irei mostrar um modo muito simples e prático de configurar via terminal.


O Ubuntu vem utilizando desde a versão 17.10 o utilitário de configuração de rede em linha de comandos Netplan, o qual opera por meio do emprego de arquivos YAML para descrição das interfaces de rede. Esta ferramenta substitui o tradicional arquivo /etc/network/interfaces.


O Netplan lê as configurações de rede a partir de arquivos .yaml, que podem estar localizados nos seguintes diretórios:

/run/netplan/

/etc/netplan/

/lib/netplan/


O diretório /etc/netplan/ é o local mais comum para encontrar e colocar esses arquivos de configuração.


O Netplan processa os arquivos yaml e a partir deles gera as configurações de backend necessárias para o renderizador (daemon) de rede do sistema. Suporta os renderizadores de rede NetworkManager e Systemd-networkd (ou simplesmente networkd), o qual é o padrão.


Quando o sistema é inicializado, o netplan verifica o conteúdo dos diretórios citados anteriormente e lê os arquivos de configuração encontrados. As configurações são então gravadas em arquivos (um para cada interface de rede) no diretório /run/systemd/network/, a partir do qual o daemon de rede (renderizador) assume o controle dos dispositivos de rede configurados.



 


Configuração básica

Ao abrir o arquivo 01-network-manager-all.yaml, presente no diretório /etc/netplan em uma distribuição Ubuntu Linux Desktop 18.04 nos deparamos com o seguinte conteúdo:


network:

version: 2

renderer: NetworkManager




Esta configuração básica faz com que o NetworkManager seja responsável por gerenciar todos os dispositivos de rede. Por padrão, as interfaces utilizarão configuração via DHCP. Note que as linhas do arquivo são identadas – é importante prestar atenção a isso, ou a configuração não terá efeito. E a identação deve ser feita com espaços, e não tecla tab.


Já se for utilizado o networkd como renderizador de rede, os dispositivos não serão configurados automaticamente como DHCP – as interfaces deverão ser especificadas no arquivo de configuração do diretório /etc/netplan para funcionarem.


Vejamos outra configuração básica, desta vez em um sistema Ubuntu Server com uma interface de rede configurada por DHCP:


network:

renderer: networkd

ethernets:

enp0s3:

dhcp4: yes

dhcp6: yes

version: 2




 


Procedimentos básicos para configuração de IP estático


Vamos realizar uma configuração de rede para que o sistema use IP estático. Siga os passos a seguir (meu exemplo usa Ubuntu Server):


1 – Entre no diretório netplan pelo terminal:

$ cd /etc/netplan



2 – Verifique o nome do arquivo de configuração existente em sua distribuição:

$ ls


Por exemplo, no Ubuntu Server 18.04 o arquivo de configuração padrão é o 50-cloud-init.yaml


Caso nenhum arquivo YAML tenha sido configurado durante a instalação da distribuição, e nada apareça neste diretório, você pode gerar um novo arquivo de configurações para os renderizadores emitindo o comando a seguir:


$ sudo netplan generate


Ou simplesmente criar um novo arquivo usando um editor de textos, que use a extensão .yaml. Recomenda-se inicias o nome do arquivo com um número também.



3 – Fazer backup de arquivo de configuração atual:

$ sudo cp 50-cloud-init.yaml.old



4 – Abrir o arquivo de configuração para edição (use o editor de textos de sua preferência):

$ sudo nano 50-cloud-init.yaml



5 – Configure o arquivo como segue:

network:

version: 2

renderer: networkd

ethernets:

enp0s3:

dhcp4: no

dhcp6: no

addresses: [192.168.100.2/24]

gateway4: 192.168.100.1

nameservers:

addresses: [192.168.100.1,8.8.8.8]




OUTRO EXEMPLO

network:

version: 2

renderer: networkd

ethernets:

enp5s0f0:

addresses:

- 10.78.28.30/22

gateway4: 10.78.28.1

nameservers:

addresses: [10.78.108.4, 10.78.108.3]



Neste exemplo temos:

renderer: Renderizador (daemon de rede). Aceita os valores NetworkManager e networkd. O padrão é networkd. Pode ser aplicada globalmente ou para um dispositivo específico.


ethernets: Seção das interfaces de rede a configurar


enp0s3: Nome de uma interface de rede a configurar


dhcp4: Propriedades da interface para o DHCP versão 4


dhcp6: Propriedades da interface para o DHCP versão 6


addresses: Lista de IPs a serem atribuídos


gateway4: Endereço do gateway padrão da rede


nameservers: Seção de Servidores DNS e domínios de busca a usar



6 – Salve e saia do arquivo.


7 – Testando a sintaxe do arquivo:

$ sudo netplan try


8 – Aplicar a configuração:

$ sudo netplan apply


9 – Finalmente, verificar se o IP foi alterado de acordo com nossa necessidade:

$ ip addr show


Configuração realizada com sucesso. Mas e se nosso servidor possuir duas interfaces de rede, por exemplo as interfaces enp0s3 e enp0s8? Neste caso, basta adicionar as interfaces no mesmo arquivo:

network:

version: 2

renderer: networkd

ethernets:

enp0s3:

dhcp4: no

addresses: [192.168.100.2/24]

gateway4: 192.168.100.1

nameservers:

addresses: [192.168.100.1,8.8.8.8]

enp0s8:

dhcp4: no

addresses: [192.168.100.4/24]

gateway4: 192.168.100.1

nameservers:

addresses: [192.168.100.1,8.8.8.8]



 


EXTRA

Se você tiver apenas 1 placa de rede, e quiser cadastrar um IP Estático Virtual, támbé é possivel separando por vírgula na linha addresses


network:

version: 2

renderer: networkd

ethernets:

enp0s3:

dhcp4: no

dhcp6: no

addresses: [192.168.100.2/24, 10.78.28.15/23]

gateway4: 192.168.100.1

nameservers:

addresses: [192.168.100.1,8.8.8.8]



Depois de salvar, pode executar o comando:

$ip a


Irá verificar os IPs cadastrados na placa





 

VERSÕES DE LINUX MAIS ANTIGAS

(IP FIXO)



Abra um terminal e neste digite:

$ sudo nano /etc/network/interfaces


Veja o exemplo e adapte para sua rede local



 

Vamos agora reiniciar o serviço de rede a fim de activar as novas configurações:

$ sudo /etc/init.d/networking restart


caso não funcione utilize então o comando:

$ sudo systemctl restart NetworkManager.service

Se mesmo assim falhar reinicie o sistema

$ sudo reboot now







Não esqueça de seguir o Canal do Youtube e o Facebook LUCAS LINUX

1 comentário

1 commentaire


Lucas batista dos santos
Lucas batista dos santos
03 mai

Muito boa a dica! Muito obrigado

J'aime
bottom of page